13/03/2020 | Assessoria de Imprensa

Encontro de trauma fortalece o atendimento pré-hospitalar em SC

 
Presidente da Associação de Serviços Sociais Voluntários de Caçador “Bombeiros Voluntários”, Claudemir Hubner, deu a boas-vindas aos participantes

A qualificação constante de equipes de atendimento pré-hospitalar, por meio da plataforma de seletivas, bem como a integração das diversas forças que atuam nesse segmento foram apontados como os principais resultados obtidos com o 3º Encontro Catarinense de Trauma, realizado de 6 a 8 de março em Caçador. O encontro teve apoio das associações dos Bombeiros Voluntários no Estado de Santa Catarina (ABVESC) e da Brasileira de Resgate e Salvamento (ABRES), além da Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (Uniarp). Também serviu como seletiva para o Desafio Nacional de Trauma, que neste ano será realizado em São Paulo (data ainda a ser definida).

O evento catarinense, realizado pela corporação de bombeiros voluntários de Caçador, região Oeste do Estado, teve a participação de 31 equipes de atendimento pré-hospitalar de bombeiros voluntários e militares, SAMU e, pela primeira vez, do batalhão de operações aéreo (BOA) — Unidade Arcanjo do CBMSC. Os socorristas testaram seu conhecimento em provas nas modalidades standard e complexa montadas em cenários que simularam vítimas poli traumatizadas — esmagamentos, amputações, fraturas e queimaduras — decorrentes de acidentes em diferentes ambientes (aquático, trabalho, trânsito entre outros).

Nos dois primeiros dias as atividades foram observadas pela secretária de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde (SGTES), do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro — sua presença no evento é consequência da visita aos bombeiros voluntários em Santa Catarina em janeiro deste ano. As entidades estudam a possibilidade de firmar parcerias para formação e certificação, no âmbito do Ministério da Saúde e em parceria com o Instituto Federal Catarinense (IFC), para os cursos de formação de socorristas, uma vez que a secretaria é a responsável por formular políticas públicas orientadoras da gestão, formação e qualificação dos trabalhadores e da regulação profissional na área da saúde no Brasil. 


“A primeira visita nos motivou a conhecer um pouco mais o trabalho dos bombeiros voluntários. Fora de Santa Catarina e Rio Grande do Sul nem se imagina que existe esse trabalho feito por pessoas voluntárias com esse grau de qualificação que vi aqui”, disse. “Depois desse evento saio ainda mais motivada e crente que os órgãos governamentais podem ser apoiadores e reconhecedores de experiências assim no Brasil inteiro. É com esse modelo, de trabalho voluntário, de pessoas engajadas — entendendo que não são só os governos que devem resolver a vida das pessoas —, mas que grupos sociais organizados podem se qualificar e mudar a realidade das suas cidades, seus estados e seu país. A iniciativa dos bombeiros voluntários deve ser exemplo para o Brasil”.


Repercussão

Segundo o comandante dos bombeiros voluntários de Caçador, Anderson Caetano da Souza, o 3º Encontro Catarinense de Trauma demonstrou a qualificação das equipes. “Os avaliadores apontaram a qualificação e a evolução excepcional dos socorristas”, disse. Para ele, também foi importante a participação de diversas corporações voluntárias filiada a ABVESC. “Isso mostra que estamos comprometidos com a busca de conhecimento para manter o bom atendimento à população.”

“Tecnicamente, as equipes evoluíram, quando comparadas com as duas primeiras edições. Quem esteve na seletiva do ano passado, por exemplo, agora teve desempenho excelente”, assegurou a médica avaliadora e representante da ABRES, coronel BM do Amapá (CBMAP), Karina Homobono. Para ela, ficou evidente que as equipes mais experientes ouviram as orientações, estudaram e, o que é mais importante, replicaram o modelo.   “Mesmo as equipes novas já chegaram com protocolo muito bem alinhado, como se tivessem experiência nas simulações. O maior benefício é esse: a propagação do treinamento.” Além dela, atuaram como avaliadores Anderson Roberto Santos, enfermeiro da BR Vida, e Diego Blanco, médico do Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências (Grau) — referência em resgate médico, aero médico e atendimento a desastres, vinculado à Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo.

Renovação

A mesma percepção é compartilhada por Igor Schwingel, coordenador dos encontros realizados em Concórdia e assessor da World Rescue Organizacion (WRO). Para ele, o fator “resistência” quanto adoção novas práticas no atendimento pré-hospitalar vem sendo quebrado. Exemplo disso é a participação de mais e novas equipes na seletiva. “Mas a relevância do Encontro é o fator multiplicador. Algumas corporações, como a de Caçador, têm o mesmo número de equipes que levou no ano passado, mas são novas ‘caras’. Também fizeram seletivas internas, por isso estão fortalecidas.”

A quarta edição do evento está prevista para o primeiro trimestre de 2021 e será realizada pela corporação dos Bombeiros Voluntários de Joinville, região Nordeste do Estado. A comissão organizadora permanente já anunciou

 

Novidades, como a realização de oficinas paralelas para capacitar os socorristas a lidar e retirar da cena os diferentes elementos causadores de acidentes. “A cada ano vamos aumentando o nível de exigência e ampliando a capacitação, de acordo com as dificuldades que os socorristas enfrentam nos simulados,” disse Schwingel.

Resultado │Classificação até o quinto lugar*
Complex
1° - Bombeiros Voluntários Caçador — Delta
2° - Bombeiros Voluntários Concórdia — Bravo
3° - Bombeiros Militares de Seara — Alpha
4° - Bombeiros Voluntários Ascurra — Alpha
5° - Bombeiros Voluntários de Concórdia — Charlie

Standart
1° - Bombeiros Voluntários Concórdia — Alpha
2° - Bombeiros Voluntários Jaraguá do Sul — Alpha
3° - Bombeiros Militares Chapecó — Desbravadores
3° - Bombeiros Voluntários Concórdia — Charlie
5° - Bombeiros Voluntários São Francisco do Sul — Delta

Geral
1° - Bombeiros Voluntários Caçador — Delta
2° - Bombeiros Voluntários Concórdia — Charlie
3° - Bombeiros Voluntários Concórdia — Alpha
4° - Bombeiros Militares Seara — Alpha
5° - Bombeiros Voluntários Concórdia — Bravo
(*Por pontos)

Fotos: Felipe Pelegrinello Caipers/BV Caçador



ASSOCIAÇÃO DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS
NO ESTADO DE SANTA CATARINA


Rua Jaguaruna, Nº 13 | Bairro Centro | Joinville | CEP 89201-450 | Santa Catarina
“Filiada à Confederação Nacional dos Bombeiros Voluntários do Brasil”
www.abvesc.com.br
ACESSO RESTRITO AS CORPORAÇÕES
E-mail
SIVSC
© 2018 ABVESC - Associação dos Bombeiros Voluntários no Estado de Santa Catarina - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Esplendore