21/02/2020 | Assessoria de Imprensa

Atendimento dos bombeiros voluntários aumentou 8,32%


Bombeiros Voluntários de Concórdia fazem atendimento pré-hospitalar a vítima de acidente de trânsito 

Os bombeiros voluntários de Santa Catarina atenderam 82.959 pedidos para atuar em casos de urgência e emergência em 2019 — 8,32% a mais que no ano anterior — o que corresponde a 227,2 ocorrências por dia, em média. Os dados fazem parte do balanço operacional elaborado pela Associação dos Bombeiros Voluntários no Estado de Santa Catarina (ABVESC), entidade que agrega 31 corporações. As unidades prestam auxílio diretamente a 1,6 milhão de habitantes de 50 municípios.

A ABVESC apura as ocorrências de pré-hospitalar (serviço das ambulâncias), de incêndios e de extraordinários (salvamento e resgate de pessoas e animais em situação de risco, ações decorrentes de fenômenos climáticos ou em cooperação com a Defesa Civil). E foi justamente a primeira categoria que exigiu mais auxílio dos bombeiros voluntários. Eles receberam 66.703 chamados de pessoas que precisaram de atendimento pré-hospitalar (APH) — crescimento de 16,60% comparado com os 12 meses de 2018, quando foram registrados 57.206 casos.

Para o coordenador do Conselho de Comandantes da ABVESC e comandante dos Bombeiros Voluntários de Concórdia, Juliano Andrei Camilo, os acidentes envolvendo motociclistas foram os principais responsáveis pela elevação dos atendimentos pré-hospitalares — tanto que o APH representa 80% dos pedidos de socorro aos bombeiros voluntários  — e, consequentemente, do número absoluto das ocorrências.  “Outro aspecto que nos chama a atenção é que a maioria das vítimas é jovem. Por ser um veículo de baixo custo tem a preferência entre esse público,” avalia. Para ele, o curto período de formação e pouca experiência também os deixam mais vulneráveis no trânsito.

O aumento do número de acidentes e de vítimas de trânsito coincide com o esforço dos bombeiros voluntários de Santa Catarina em aprimorar e ampliar a base de capacitação para atendimentos destes casos, observa Camilo. Uma das plataformas é o Encontro Estadual de Trauma que, neste ano, será realizado de 6 a 8 de março promovido pela corporação de Bombeiros Voluntários de Caçador. O evento contará com a participação de 36 duplas em provas complexas e standard. “’É um momento ímpar de aprendizado, conhecimento que depois é disseminado nas corporações”.

Ao contrário dos números ascendentes do atendimento pré-hospitalar, as ocorrências de incêndio e extraordinários tiveram variação negativa. Durante os 12 meses de 2019, os bombeiros voluntários foram acionados 2.989 vezes para fazer combate ao fogo — 35% a menos se comparado com o período anterior (em 2018, foram registrados 4.659 incêndios). A redução é reflexo do trabalho dos bombeiros voluntários por meio de ações prevenção desenvolvido por meio de palestras, cursos e orientações às comunidades e também a    verificação dos sistemas preventivos das edificações, por conta da legislação estadual de segurança contra incêndio e pânico. Já as ocorrências classificadas como extraordinários tiveram um decréscimo de 9,87% de janeiro e dezembro de 2018 — de 14.720 para 13.267 no ano passado.

Gestão

Para atender o crescimento da demanda pelos serviços dos bombeiros voluntários, a ABVESC e as corporações mantém um cronograma de reaparelhamento e melhoria da estrutura de atendimento, graças a apoio financeiro dos governos municipais e estadual, e da comunidade onde as corporações estão instaladas. O presidente da ABVESC, Moacir Thomazi, destaca, por sua vez, os pilares do modelo: eficiência e economicidade. “Os dados mostram o quanto os bombeiros voluntários são tecnicamente eficientes e economicamente viáveis aos municípios brasileiros.”

Sobre a ABVESC — A Associação dos Bombeiros Voluntários no Estado de Santa Catarina, criada em abril de 1994, agrega 31 corporações que atendem 1,6 milhão de catarinenses, em 50 municípios, nos serviços de socorro às diferentes urgências e emergências relacionadas com a atividade de bombeiro urbano — em 2019 foram 82.959 chamados. As filiadas somam 5.432 pessoas em diferentes programas como bombeiros voluntários operacionais, administrativos, bombeiros mirins, banda de música entre outros.



ASSOCIAÇÃO DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS
NO ESTADO DE SANTA CATARINA


Rua Jaguaruna, Nº 13 | Bairro Centro | Joinville | CEP 89201-450 | Santa Catarina
“Filiada à Confederação Nacional dos Bombeiros Voluntários do Brasil”
www.abvesc.com.br
ACESSO RESTRITO AS CORPORAÇÕES
E-mail
SIVSC
© 2018 ABVESC - Associação dos Bombeiros Voluntários no Estado de Santa Catarina - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Esplendore