ASSOCIAÇÃO DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS NO ESTADO DE SANTA CATARINA

30/11/2018 | Assessoria de Imprensa

JOINVILLE: Corporação mais antiga do país integra rede mundial pela paz

O Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville (CBVJ) é o representante do Brasil no Departamento de Bombeiros de Apoio à Paz Mundial do Observatório Internacional de Direitos Humanos (OIDH), entidade apoiada pela Organização das Nações Unidas (ONU). O título honorífico “Núcleo de Bombeiros de Promoção da Paz” foi atribuído ainda em julho pela organização sediada em Portugal.

A entrega do certificado foi feita dia 21 deste mês, em cerimônia na corporação, pelo vice-reitor Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) - entidade que sedia a Embaixada dos Direitos Humanos ao Serviço da Humanidade do OIDH para o Brasil e América Latina-, Leandro Zvirtes, e pela coordenadora-geral, a professora doutora Jurema Iara Reis Belli.


Moacir Thomazi recebeu o certificado de Leandro Zvirtes, vice-reitor da Udesc


Em seu discurso, Zvirtes ressaltou o valor do voluntariado e da vocação para o bem, a essência da atividade bombeiril. “Todos queremos um mundo menos violento e mais solidário. Está na alma dos bombeiros fazer o bem”, disse. “Essa honraria ganha ainda mais importância porque foi espontânea. A escolha partiu do Conselho do Núcleo da Promoção da Paz”, declarou Moacir Thomazi, presidente das associações dos Bombeiros Voluntários no Estado de Santa Catarina I(ABVESC) e de Joinville (ACBVJ). “O mérito é dos voluntários e da sociedade que ajuda a manter esta instituição”, disse, referindo-se aos 35 mil joinvilenses que contribuem mensalmente por meio da conta de energia elétrica.

O prefeito Udo Döhler destacou que o voluntariado é sustentado pelos pilares da paz, harmonia e solidariedade. “Quando olho para estas pessoas vejo os que construíram a história de Joinville”, disse emocionado pela presença da Equipe Tradição (bombeiros com mais de 25 anos de voluntariado). O grupo estava operacional no período em que Döhler foi presidente da Associação (1987-89).


Diretoria da Associação de Joinville, Moacir Thomazi (C), comandante Jaekel Souza,
subcomandante voluntário Jackson Seidel e bombeiros exibem e certificado

 

Exemplo a ser seguido - O certificado integra os Bombeiros Voluntários de Joinville à rede mundial de corporações (é eleita apenas uma em cada país) consideradas exemplos em ações para o bem e segurança da humanidade. “A missão e total dedicação a torna numa referência de bem e exemplo a se seguir”, justificou o presidente do Observatório, Luís Eduardo Afonso Andrade.

A distinção levou em consideração, ainda, que o CBVJ é a corporação do gênero mais antiga do País, fundada em 13 de julho de 1892. Neste semestre o mesmo título foi atribuído a outras duas organizações bombeiris da América Latina: a Associação dos Bombeiros Voluntários de La Boca, de Buenos Aires, Argentina (fundada em 1884), e à Companhia Italiana de Bombeiros Voluntários Roma N⁰ 2, em Lima, Peru (criada em 1866).

Presenças - A entrega do título honorífico aos Bombeiros Voluntários de Joinville teve a presença de Ivan Hudler, vice-presidente da ABVESC e ACBVJ; Marcos Luiz Krelling, presidente do Sindabvesc e diretores da Associação de Joinville, além de Felinto Koerber, ex-presidente da ACBVJ (gestão 1998-2002).

O secretário da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR Joinville), Volnei Francisco da Silva, representou o governador Eduardo Pinho Moreira. A Embaixada dos Direitos Humanos ao Serviço da Humanidade do OIDH para o Brasil e América Latina esteve representada também pelo diretor-geral da Udesc Joinville, José Fernando Pasquali, e pela diretora de extensão, professora Cinara Menegazzo.

 


Equipe Tradição exibe o certificado recebido pelo OIDH ao lado do comandante Jaekel Solzua,
de bombeiros e do presidente Moacir Thomazi

 

Sobre o CBVJ – Fundado em 13 de julho de 1892 é a mais antiga instituição do gênero do País. Presta serviços gratuitos à comunidade na prevenção e combate a incêndios; atendimento pré-hospitalar; resgate veicular, na montanha, aquático, vertical e em estruturas colapsadas.  É formado por 1.700 pessoas entre bombeiros voluntários, efetivos e do Programa Bombeiros Mirins, além de brigadistas e pessoal de apoio. Em 2017 contabilizou 133 mil horas de serviços gratuitos à comunidade, fez vistorias e análises de projetos de 133 milhões de metros quadrados e atendeu 6.607 ocorrências. É filiado à Organização de Bombeiros Americanos (OBA), segue os protocolos da USAID/OFDA e é parceiro da National Fire Protection Association (NFPA).

Sobre a OIDH – Organização independente, autônoma, apoiada pela Organização das Nações Unidas (ONU), com sede no Centro Cultural de Belém (CCB), Lisboa, Portugal. Atua em todas as áreas sociais com o propósito de promover a paz no mundo e contribuir para a erradicação da extrema pobreza, além da defesa incessante da Declaração Universal dos Direitos do Homem. No Brasil é representado pela Udesc desde outubro de 2017, tendo a professora doutora Jurema Belli como coordenadora-geral.

Sobre o Departamento Internacional de Bombeiros de Apoio à Paz Mundial – Acolhe exclusivamente uma corporação de bombeiros por país. A sede mundial está instalada na Associação de Bombeiros Voluntários de Pedrógão Grande, Portugal – área geográfica onde ocorreu, em 2017, incêndios florestais que causaram 66 vítimas fatais.

(Fotos: Mauro Artur Schlieck)

 



ASSOCIAÇÃO DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS
NO ESTADO DE SANTA CATARINA


Rua Jaguaruna, Nº 13 | Bairro Centro | Joinville | CEP 89201-450 | Santa Catarina
“Filiada à Confederação Nacional dos Bombeiros Voluntários do Brasil”
www.abvesc.com.br
ACESSO RESTRITO AS CORPORAÇÕES
E-mail
SIVSC
© 2018 ABVESC - Associação dos Bombeiros Voluntários no Estado de Santa Catarina - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Esplendore